Correio de Coimbra

Jornal informativo da Diocese de Coimbra. Assine e divulgue o nosso semanário. 239 718 167. fax: 239 701 798. correiodecoimbra@mail.telepac.pt

A minha fotografia
Nome:
Localização: Coimbra, Portugal

19 de abril de 2007

Colégio de S. Teotónio a pedalar pela APPACDM





Nos passados dias 13 e 14 de Abril cerca de quarenta alunos do Colégio de S. Teotónio (CST), acompanhados de professores, realizaram o V Percurso pela Vida, deslocando-se de bicicleta de Coimbra até à Figueira da Foz, visitando os Centros da APPACDM de Montemor-o- Velho e Lavos (Figueira da Foz).
Esta iniciativa, realizada pela quinta vez consecutiva, teve, desta vez, um sentido acrescido, uma vez que se inseriu na campanha de solidariedade para com a APPACDM promovida pelas Escolas Católicas de Coimbra, e porque celebramos o Ano Europeu da Igualdade de Oportunidades para Todos.
O percurso foi feito pela "estrada do campo", sempre junto ao canal adjacente ao rio Mondego, assim como pelos caminhos de terra batida no meio dos arrozais. Na tarde do primeiro dia visitou-se o centro da APPACDM de Montemor e conviveu-se com as dezenas de utentes que nele passam o dia, realizando actividades, trabalhando e convivendo.
Depois de um saboroso descanso no Stella Maris de Buarcos, no dia seguinte a caravana teve oportunidade de conhecer os utentes que habitam no centro da APPACDM da Figueira da Foz (agora em novíssimas instalações, em Lavos) e ainda houve tempo para assistir a provas do Campeonato Nacional de Remo Indoor, onde pessoas portadoras de deficiência mostram bem as suas excelentes capacidades físicas.
O regresso efectuou-se igualmente de bicicleta e com alguma rapidez, uma vez que todos desejavam assistir ao desafio de futebol Académica x Porto, juntamente com alunos das outras Escolas Católicas de Coimbra e com algumas centenas de utentes da APPACDM, dando assim visibilidade à campanha de solidariedade implementada pelo NEC – Núcleo das Escolas Católicas da Diocese de Coimbra.
Terminou, pois, “em festa”, mais uma jornada de convívio e de solidariedade para com as pessoas portadoras de deficiência, que nos dão exemplos extraordinários de trabalho, dedicação, amizade e entusiasmo pela Vida. Porque, desta forma, vale mesmo a pena viver!




Jorge Cotovio

Pré-Seminário vai promover estágio no primeiro fim-de-semana de Maio


O Pré-Seminário vai realizar, uma vez mais, um estágio dirigido a todos os rapazes da Diocese de Coimbra que se encontram no terceiro ciclo e secundário. “Vem conhecer melhor Jesus e ver o que Ele espera de ti” é o tema deste encontro, que terá lugar no Seminário da Figueira da Foz nos dias 5 e 6 de Maio. Começará no sábado às 10h30 e terminará no domingo pelas 15h00. (Para mais informações poderão contactar o padre Nuno Santos através do telemóvel 968091229 ou e-mail: minus251@gmail.com.
O Pré-Seminário é, fundamentalmente, um espaço onde os adolescentes e os jovens da Diocese de Coimbra podem questionar, reflectir e partilhar a descoberta da sua vocação. Segundo o seu responsável, padre Nuno Santos, “trata-se de ir aprendendo a escutar a voz de Deus que nunca nos deixa de falar”.

18 de abril de 2007

Semana das Vocações em Coimbra


Na semana de 22 a 29 de Abril celebra-se por todo o mundo a semana de Oração pelas Vocações. Este ano tendo como motivaçõa, a apartir da Mensagem de Bento XVI, o "servidores da Igreja mistério de comunhão".

O Secretariado da Pastoral das Vocações da diocese de Coimbra está a organizar algumas iniciativas

Nos dias 21-22 e 28-29 a equipa diocesana estará a fazer um trabalho de sensibilização vocacional no arciprestado de Pampilhosa da Serra.Na noite de 28 de Abril, D. albino Cleto, Bispo de Coimbra, presidirá a uma vigilia de oração para todo o Arciprestado na Igreja paroquial de Pampilhosa da Serra.

Na cidade de Coimbra, na Igreja de S. José, nos dias 24 e 25 de Abril
a equipa diocesana da Pastoral das Vocações propõe um dia de Adoração ao Santissimo Sacramento.

Esta iniciativa surge no âmbito do trabalho que o Secretariado tem vindo a desenvolver ao longo deste ano pastoral e do recente apelo do Papa Bento XVI na exortação "Sacramento do amor" à contemplação do amor que interpela e convoca para o serviço aos irmãos.

Este dia de Adoração começa na noite de 24 com uma vigilia às 21h30, a que preside o bispo da diocese, D. albino Cleto, e termina no dia seguinte, 25 de Abril, pelas 18h30.

No dia 25, às 19h, o Bispo da diocese presidirá à celebração da eucaristia na Igreja de S. José, onde se pedirá a Deus o dom de mais vocações ao ministério presbiteral e à vida consagrada.


No novo site da Pastoral das Vocações (
www.comvocacao.net)

estão disponíveis para download vários materiais que foram elaborados, a pedido da Comissão Episcopal Vocações e Ministérios, para esta semana de oração pelas vocações, bem como outras propostas.
Certamente que a novidade da Páscoa suscitará outras iniciativas ao longo desta semana, ela é sobretudo uma bela oportunidade para todos e cada um de nós, como diocese, renovarmos a nossa esperança e, numa oração mais confiante, comprometermo-nos em anunciar o Evangelho da Vocação.
(Equipa do SDPV)

Servas do Apostolado em Assembleia-geral


De 25 a 29 de Julho terá lugar, no Centro Pastoral Paulo VI, em Fátima, a X Assembleia Mundial da Confederação Internacional de Movimentos de Famílias Cristãs (CIMFC). Esta Confederação foi fundada em Caracas, Venezuela, em 1966, com a finalidade de ajudar os seus membros "a viver a sua vocação humana e cristã e a testemunhar os valores essenciais da família". A CIMFC integra Movimentos Familiares Cristãos, organizações laicais e organizações que partilham os ideais cristãos e que estão empenhadas no estudo, investigação e promoção da família. A Confederação é composta por países dos cinco continentes.
"O legado de Fátima à Família: Espiritualidade e Sacrifício" é o tema desta Assembleia, que terá início na manhã do dia 25 de Julho, terminando com o Terço e Eucaristia Solene no Santuário, na manhã do dia 29 de Julho. Nos dias 28 e 29 do mesmo mês, realiza-se uma peregrinação a Fátima, integrada na Assembleia e para a qual estão convidadas todas as famílias portuguesas.

Medalha evoca aparições de Fátima e centenário da Irmã Lúcia


Assinalando os 90 anos das aparições de Fátima e o 100º aniversário do nascimento da Irmã Lúcia, a Medalhística Lusatenas lançou uma medalha em bronze do escultor Jorge Coelho.
Relembrando a mensagem transmitida pela Senhora aos pequenos pastores, a medalha evoca as aparições de Fátima, que aconteceram em Maio de 1917. Na aparição de Outubro, com a presença de milhares de peregrinos, aconteceu o "milagre do sol", prometido à vidente Lúcia para que todos acreditassem.
Nas palavras do padre A. Jesus Ramos "a mensagem transmitida pela Senhora aos pastorinhos é de teor simples e claro", lembrando aos cristãos a necessidade de conversão, o valor da oração, a "urgência da vida em graça" e o "culto da eucaristia".
A vidente Lúcia de Jesus Santos nasceu em Março de 1907 e foi a principal protagonista das aparições, tendo sido, até 2006, única sobrevivente, depois da morte prematura de Francisco e Jacinta canonizados em 2000. A irmã Lúcia faleceu, no dia 13 de Fevereiro de 2005, no Carmelo de Santa Teresa, em Coimbra, onde fizera votos perpétuos de carmelita.
A medalha pode ser adquirida nas lojas da especialidade ou através dos contactos da Medalhística Lusatenas (telefone: 239 836 663; fax: 239 820 601; telemóvel: 917 610 716).

Escuteiros promovem curso para 90 novos dirigentes


Noventa e um formandos provenientes de diversos agrupamentos/Paróquias da Diocese de Coimbra, iniciaram no fim de semana 24 e 25 de Fevereiro, no Centro de Formação de Dirigentes do CNE de Serpins, Lousã, uma das primeiras sessões do Curso de Iniciação Pedagógica – CIP 2007. Estes participantes, repartidos por três (43º, 44º e 45º) cursos com funcionamento simultâneo, a decorrer nas instalações do referido Centro de Formação, iniciaram o seu percurso formativo como candidatos a dirigentes do Corpo Nacional de Escutas. Estas primeiras sessões proporcionam uma abordagem do Escutismo, como movimento educativo que assume uma responsabilidade particular na formação de diferentes valores como a democracia, a tolerância, o respeito pela diversidade e a convivência com a diferença.
Neste contexto, a formação de futuros dirigentes em domínios como a psicologia do desenvolvimento da criança e do adolescente, a co-educação, a relação educativa, o desenvolvimento pessoal, o papel do dirigente como educador no movimento, na sociedade e na Igreja, constitui uma estratégia promotora de valores de cidadania que pode, e deve, ser devidamente rentabilizada dentro de uma relação educativa que se constrói no quadro institucional do CNE. Para tal, importa sensibilizar os dirigentes para estas questões, fornecendo-lhes orientações sobre conceitos e ferramentas para implementar o método escutista nas diferentes secções (escalões etários) dos seus agrupamentos de origem.
Este curso assenta num sistema de formação modular, repartido por três sessões teórico-práticas e uma sessão prática, em regime de acampamento, num total de cerca de 60 horas presenciais. As restantes sessões encontram-se distribuídas ao longo dos meses de Março, Abril, Maio e Junho. Este processo formativo foi iniciado, no caso dos adultos que nunca foram escuteiros, com a frequência, em 6 de Janeiro passado, na sede do Agrupamento 382/CNE – Cantanhede, com um Curso de Introdução ao Escutismo, que contou com a presença de 42 Formandos. A Formação é complementada com a execução de estudos prévios, frequência integral do curso, estudos intercalares e um período de estágio orientado, a realizar no Agrupamento de origem do Formando. Complementa o Curso de Iniciação Pedagógica a frequência durante um fim-de-semana do Curso ARCNEC (da Assistência Regional) – Curso de Formação (e vivência) Humana, Espiritual e Eclesial.
O candidato a dirigente, só pode ser investido em funções no respectivo agrupamento após concluir o percurso de formação, com avaliação final positiva, atribuída pela Secretaria Regional e respectiva certificação do curso, pela estrutura nacional. Esta actividade, promovida pela Junta Regional do CNE de Coimbra, enquadra-se na política nacional de formação do CNE e decorre do trabalho da equipa regional de formadores, orientada para a qualificação pedagógica dos 55 Agrupamentos da Diocese de Coimbra.

Escolas Católicas foram ao futebol, com utentes da APPACDM

No passado sábado, cerca de duas centenas de utentes da APPACDM e mais de mil e quinhentos alunos das Escolas Católicas (EC) da cidade de Coimbra (Colégios de Cernache, Rainha Santa, S. Teotónio, S. José e Externato João XXIII), acompanhados de professores e muitos pais, foram assistir ao desafio de futebol Académica x Porto. O resultado – mais uma vez pouco favorável à Briosa – não atenuou o entusiasmo desta "mancha jovem", bem patente nas claques bem dispostas e ruidosas que abafaram a "mancha negra", mas não suficientes para calarem as bem ensaiadas claques dos dragões.
Com esta expressiva presença no estádio Cidade de Coimbra, as EC deram mais visibilidade à campanha que estão a desenvolver a favor da APPACDM (Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental) de Coimbra, procurando conviver com os utentes, assim como angariar fundos para a aquisição de uma carrinha especialmente preparada para o transporte de pessoas com deficiência mental e motora.
Atentos a esta iniciativa, a TBZ, em parceria com a Associação Académica de Coimbra – OAF, , associou-se à campanha de solidariedade para com a APPACDM não só oferendo a possibilidade aos alunos das Escolas Católicas e às pessoas com deficiência de assistirem ao desafio de futebol, como também entregando posteriormente à APPACDM uma contribuição monetária retirada da receita do jogo.
Esta campanha de solidariedade das Escolas Católicas de Coimbra culminará com o II Festival SOLNEC "JUNTOS NA DIFERENÇA" a realizar no próximo dia 2 de Junho, no Colégio de Cernache (CAIC), celebrando, assim, efusivamente, este "Ano Europeu da Igualdade de Oportunidades para Todos".
A APPACDM do pólo de Coimbra abarca os Centros de Coimbra, Tocha, Montemor-o-Velho e Arganil e apoia cerca de 800 crianças, jovens e adultos portadores de deficiência mental (e, em muitos casos, também motora), desde os 4 meses até ao fim da vida.
Quem desejar colaborar nesta campanha de solidariedade pode entregar um donativo na sede (Av. Dias da Silva, 10, 3000-134 Coimbra), ou através do NIB 007900001071724010198.
Também poderá colaborar na campanha "traz tinteiros vazios…& zás, temos carrinha nova" entregando tinteiros e toners vazios (para futura reciclagem), na sede da APPACDM ou em qualquer um dos colégios mencionados.
Esta iniciativa insere-se no projecto Vida Corajosa do Programa SOLNEC, visando o incremento do voluntariado dos alunos das Escolas Católicas da diocese de Coimbra junto das pessoas portadoras de deficiência.


Jorge Cotovio

IGREJAS ASSALTADAS


Igrejas em Ribeira de Frades assaltadas no Domingo de Páscoa
A Igreja Matriz e a Capela de Santa Ana, em Ribeira de Frades, foram assaltadas na madrugada do Domingo de Páscoa. No primeiro local, foi arrombada a porta da sacristia e remexidas as gavetas, sem que nada fosse levado. Na capela, os assaltantes amealharam alguns euros provenientes da caixa das esmolas, que desapareceu do local.
Jorge Veloso, presidente da Junta de Freguesia, confirmou a ocorrência de vários assaltos, recentemente, a outros equipamentos da freguesia: "já assaltaram quatro vezes o jardim-de-infância, o que obrigou á instalação de um alarme no local" e, também da Junta de Freguesia foi levada uma "série de material". Segundo Jorge Veloso, "a GNR de Taveiro não consegue travar a situação, até porque não pode estar em todo o lado", sendo, por isso, necessário um "reforço das patrulhas e do número de operacionais".

Imagens furtadas na capela de S. Gens
Três imagens de santos, um crucifixo e cinco castiçais foram furtados da capela de S. Gens, localizada numa zona isolada, na freguesia de Vila Nova. Miranda do Corvo. Entre as imagens roubadas está a do santo padroeiro que dá nome à povoação, situada no limite do concelho de Miranda do Corvo com Penela. Para além da imagem de S. Gens, os ladrões levaram ainda uma imagem da Senhora da Nazaré e outra de Santo António.
O assalto foi detectado por um elemento da população na véspera do domingo de Páscoa, à atrde quando se deslocou à capela, encontrando a porta principal arrombada. A Polícia Judiciária esteve no local a analisar a área do crime, com vista à recolha de provas. A capela situa-se no sítio mais alto das redondezas, numa zona de pinhal, a mais de 1, 5 quilómetros do aglomerado habitacional, onde residem cerca de uma dezena de pessoas.

Igrejas de S. Pedro de Alva, Torres de Mondego e Ceira e assaltadas no último fim-de-semana
As igrejas de S. Pedro de Alva, Torres do Mondego e Ceira foram, neste último fim-de-semana, assaltadas, tendo sido levado dinheiro das caixas de esmolas. Algumas portas arrombadas e o conteúdo da sacristia revolvido e remexido na igreja de Torres de Mondego, constituem o dano material mais visível destes assaltos.