Correio de Coimbra

Jornal informativo da Diocese de Coimbra. Assine e divulgue o nosso semanário. 239 718 167. fax: 239 701 798. correiodecoimbra@mail.telepac.pt

A minha fotografia
Nome:
Localização: Coimbra, Portugal

3 de janeiro de 2008

Oratória

Fátima: Sinal de esperança para a humanidade
280 vozes na Sé Nova


A Diocese de Coimbra conseguiu, com o patrocínio e apoio de várias entidades e empresas da cidade de Coimbra, trazer a Oratória – “Fátima: sinal de esperança para a humanidade”. O espectáculo terá lugar na Sé Nova, Coimbra, às 21,30h, do dia 12 de Janeiro.
Com letra do Padre José Aparício e música do Padre António Cartageno, ambos de Beja, a Oratória é interpretada por 280 vozes, com participação de Coros de Leiria, Beja, Reguengos, Santo André (Santiago de Cacém), Fátima (Pequenos Cantores), e Orquestra “Filarmonia das Beiras”, sob a regência de Mário Sacramento.
Foi apresentada em 13 e 14 de Outubro, na Igreja da Santíssima Trindade em Fátima e depois, na Sé de Leiria e em Beja. Estará em Coimbra em 12 de Janeiro, e, no dia 13, em Mangualde.

Câmara de Coimbra promove visitas sob a temática de Santo António



A Câmara Municipal de Coimbra vai começar a promover, a partir de hoje, dia 3 de Janeiro, visitas guiadas sob a temática de Santo António.
O ponto de partida para cada visita é na escadaria da Igreja de Santo António dos Olivais e o percurso integra uma visita à Igreja de Santo António dos Olivais e ao Centro de Estudos de Santo António, locais relacionados com a vida e obra do franciscano.
Na igreja, local de culto antoniano, que foi reformado no século XVIII, podem ser admirados, no seu interior, azulejos que representam a vida de Santo António, bem como retábulos em talha dourada, do século XVII.
O Centro de Estudos de Santo António foi inaugurado em 26 de Novembro de 2006, aquando das comemorações do 152.º aniversário da freguesia de Santo António dos Olivais, encontrando-se instalado nas antigas instalações da sede da Junta de Freguesia. O espólio é constituído por uma colecção cedida à Junta por António Bastos, constituída por imagens, postais, medalhas, selos, livros, louças, azulejos, cautelas, entre outros objectos, oriundos dos vários cantos do mundo, tal como Santo António – o Santo de todo o Mundo.
Dirigida às escolas e ao público em geral, as visitas decorrem quinzenalmente, às quintas-feiras, a partir das 15 horas. Os interessados deverão inscrever-se através do telefone 2398 702630.

Paróquias de Coimbra mais solidárias neste Natal


O portal sermais.org (www.sermais.org) divulgou no seu site, ao longo destas semanas, diversas sugestões de presentes de Natal solidários assim como pedidos urgentes de diversas instituições de solidadariedade social de Coimbra.
As paróquias da Comunidade Eclesial Sal e Luz (Almalaguês, Antanhol, Assafarge, Cernache e S. Martinho do Bispo) aceitaram o desafio lançado e na Caminhada de Advento propuseram às crianças e adolescentes da catequese, bem como a toda a comunidade paroquial, a recolha de cobertores para os sem-abrigo apoiados pela equipa Reduz da Cáritas, assim como a recolha de fraldas descartáveis para os bebés apoiados pela ADAV.
A receptividade foi grande e foi com muita alegria que no dia 24 duas carrinhas foram entregar os bens recolhidos às duas instituições.
Igualmente, a partir de um pedido divulgado no sermais.org, um grupo de pessoas estudantes do MBA da Universidade Católica, recolheram no seu jantar de Natal cerca de 500€ para ajudar as famílias que são acompanhadas pelo Centro de Acolhimento João Paulo II da paróquia de São José, em Coimbra.
Várias formas de cada um SER MAIS e ajudar a que outros também possam SER MAIS pessoas, mais felizes, e mais amados.
O portal sermais.org pretende ser a ponto de encontro entre quem precisa e quem quer dar e igualmente um espaço onde podem ser encontradas as informações das diversas instituições de apoio social da região de Coimbra.

Penela: presépio encanta e atrai milhares de visitantes


O "maior presépio animado do país", instalado na vila de Penela, continua a atrair milhares de visitantes.
Pequenos e graúdos deliciam-se com figuras animadas.
Conhecida por "Vila Presépio", Penela fez jus ao nome e desde há vários dias se transformou numa verdadeira vila de Presépio. Presépio esse que tem como grande característica o facto de ser o maior presépio animado do país. Cerca de 250 metros quadrados e 90 figuras de madeira movimentam-se e dão vida ao local onde está instalado o presépio.
Desde o dia em que abriu ao público, que todos os caminhos vão dar ao castelo de Penela, local onde está instalado o presépio que, a cada dia que passa, atrai mais visitantes.

Bispo benze capela do hospital de Cantanhede


D. Albino Cleto esteve uns dias antes do Natal, no hospital de Cantanhede para presidir à bênção da capela da nova unidade de saúde. O Bispo de Coimbra visitou ainda os doentes e ofereceu lembranças de Natal.
A capela do Hospital do Arcebispo João Crisóstomo (HAJC), em Cantanhede, recebeu no passado dia 20 de Dezembro a bênção do bispo de Coimbra, D. Albino Cleto, e do pároco de Cantanhede, Padre Carlos Delgado. Depois de benzidas as instalações, celebrou-se uma Eucaristia em que marcaram presença elementos do conselho de administração do HAJC, funcionários e utentes.
D. Albino Cleto congratulou-se com o facto de o hospital possuir uma capela e mostrou-se feliz por saber que existe "um Santíssimo Sacramento na capela". Admitindo não esperar "que muitos doentes visitem a capela, porque o estado de saúde não o permite", o bispo referiu que, mesmo estando no andar de cima, "em espírito os doentes podem estar presentes".
Porque o Natal é o que "se fizer aos outros desde que haja paz e amor", D. Albino Cleto aproveitou ainda para realizar uma visita aos doentes, bem como para lhes entregar uma lembrança.
O prelado considerou que a capela é um local onde utentes, familiares e funcionários "invocam Deus e sentem que Ele os ajuda". Quando se discute a existência ou não de uma capela ou um lugar de reflexão nos hospitais, D. Albino Cleto salientou: "nós, os católicos, somos a favor e admitimos que o lugar sirva para outras confissões mistas". Contudo, sendo a maioria da população "católica, também serão de maioria católica os doentes".
Já Jorge Martins sublinhou que quando chegou ao HAJC este se encontrava em obras, que "não contemplavam a capela". No entanto, fez questão "que o local existisse".

Exposição “O Menino dos Meninos” com centenas de visitas

Iniciativa promovida pela Turismo de Coimbra, E.M. em colaboração com o Museu Nacional Machado de Castro e a Fundação Ricardo Espírito Santo Silva dá a conhecer mostra de arte sacra.
Desde que foi inaugurada, há aproximadamente duas semanas, a Exposição "O Menino dos Meninos" já recebeu cerca de meio milhar de visitantes. Um número que deverá aumentar consideravelmente, face à adesão de diversas escolas do 1.º Ciclo do Ensino Básico de Coimbra, que já demonstraram interesse em conhecer a exposição, uma iniciativa promovida pela TC – Turismo de Coimbra, E.M.
Inaugurada na presença de Maria Cavaco Silva, a exposição, patente no Convento de S. Francisco, Coimbra, até 31 de Janeiro de 2008, é um projecto do Museu Nacional Machado de Castro, levada a público pela primeira vez em 2002. No ano passado esteve em Alcains, no Museu do Canteiro.
Este ano, foi enriquecida com algumas peças emprestadas pela Fundação Ricardo Espírito Santo Silva e beneficiada pelo ambiente intimista do espaço onde é dada a conhecer ao público. Segundo opinião expressa pela Primeira-Dama aquando da inauguração, a mostra é valorizada pelo «ar de ruína» do Convento de S. Francisco, que acolhe a exposição num «ambiente extremamente romântico e afectivo», semelhante mesmo – nas suas palavras – «àquele em que, imaginamos, nasceu Jesus».
Integrada no âmbito da programação de Natal da Empresa Municipal, a exposição reúne um conjunto de 35 imagens, das quais alguns conjuntos compõem presépios – Grupo de Camponeses, Grupo de Pastores, Menino Jesus ou a Sagrada Família (presépios em terracota do século XVIII).
Nesta exposição podem ser admiradas imagens únicas de arte sacra e de excepcional valor histórico, como o Menino Jesus Bom-Pastor em marfim, datado do século XVII; Anjos Músicos, de 1535; Placa de Altar – Natividade,
de 1535 ou ainda o Menino Jesus Salvador do Mundo, em marfim, do século XVII.
A exposição pode ser visitada todos os dias, incluindo feriados e fins-de-semana (excepto nos dias 24 e 25 de Dezembro e no dia 1 de Janeiro), entre as 10h00 e as 13h00, e das 14h00 às 18h00.
A entrada custa um euro.
Entretanto, a TC está a convidar todas as escolas do 1.º CEB a visitarem, a partir de Janeiro (às segundas, terças e quintas-feiras), a exposição. Neste momento, estão inscritos 223 alunos, de quatro estabelecimentos de ensino. O transporte é assegurado gratuitamente pelos Serviços Municipalizados dos Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC).