Correio de Coimbra

Jornal informativo da Diocese de Coimbra. Assine e divulgue o nosso semanário. 239 718 167. fax: 239 701 798. correiodecoimbra@mail.telepac.pt

A minha fotografia
Nome:
Localização: Coimbra, Portugal

12 de setembro de 2006

Obrigado, Padre João Paulo!


Quando nasceu, tinha olhos azuis e começaram a chamar-lhe João Paulo (e Paulito, às vezes). Passados 24 anos, quando entrou no Colégio de São Teotónio, era conhecido pelo Diácono João Paulo. Passado um ano e tal, os alunos passaram a chamar-lhe Padre João Paulo. Até hoje, graças a Deus.
Nestes doze anos, vividos intensamente no Colégio, conheci-o com cabelo e sem cabelo, com pêra e sem bigode, com barba aparada e desa(m)parada. Também o conheci, volta e meia, contundido fisicamente, ora com perna entalada, ora com joelho engessado, ora com outras mazelas que me dispenso de referir. Poucas vezes o vi de gravata, mas muitas vezes o vi com túnica africana ou indiana, ou turbante árabe, ou samarra transmontana, ou boina alentejana.
Também o estou a ver nas peregrinações a pé a Fátima, a primeira das quais vestido de Abraão, com cajado numa mão e telemóvel na outra. Estou a vê-lo – entusiasmado – no dia da sua ordenação sacerdotal, ou quando celebrou a primeira missa no Colégio. Estou a vê-lo nos “Fins-de-semana Fora”, na Tocha ou em Quiaios, testemunhando, cantando, rezando, brincando, correndo e, até mesmo, gritando. Estou a vê-lo nas festas da solidariedade, nas veladas, nas (muitas) festas da catequese, nos campos de férias, nos preparativos para mais uma peregrinação a Taizé. Estou a vê-lo no bar, rodeado de alunos, ou no refeitório, a comer animadamente junto dos alunos internos. Estou a vê-lo a dirigir-se para as salas de aula, ou para o gabinete da Animação Religiosa, abraçado, carinhosamente, a dois ou três miúdos. Estou a vê-lo, torturado, em muitas das muitíssimas reuniões de professores, por ver aproximar-se o início de uma missa na paróquia ou no Justiça e Paz, ou de uma reunião do Secretariado da Juventude, ou do CNE. Estou a vê-lo a tocar e a cantar “Olh’ó Velho”no Grupo de Música Popular ou “Os três Reis do Oriente” nos claustros do Paço Episcopal. Estou a vê-lo, bem animado, a tocar e a cantar nos cafés-concerto ou nos jantares de professores, intercalando com piadas e anedotas a preceito… Estou a vê-lo a pedalar de Coimbra até à Figueira da Foz, numa bicicleta de dois lugares, ou a conduzir descontraidamente a sua mota até Outil. Estou a vê-lo a jogar futebol no Pavilhão, a marcar golos e, até mesmo, a cair no pavimento depois do choque frontal com o adversário, ou de uma rasteira marota.
Também o estou a ver, por vezes, de semblante carregado, triste, devido ao excesso de trabalho, ou ao sofrimento causado pelas muitas dores da perna e do joelho.
Estou a vê-lo a orientar momentos de oração em diversas reuniões, a confessar na capela do Colégio por alturas do Advento e da Quaresma, a interpretar magnificamente o papel de Jesus na ópera “Jesus Cristo superstar”.
Estou a vê-lo a preparar entusiasticamente o seu primeiro CD e a cantar, com profundidade, a “história de um sim”.
Sim, João Paulo, tu marcaste a comunidade educativa do Colégio de São Teotónio nestes doze anos… Foste padre, foste pedagogo, foste inovador, foste amigo, procuraste entender os sinais dos tempos. Os milhares de alunos que por ti passaram não te esquecem. Os colegas que contigo conviveram guardam-te num cantinho dos seus corações. Os funcionários (com quem tinhas uma relação tão próxima e peculiar) vão sentir a tua falta.
Mas tu és nómada, peregrino… Tinhas de sair! Porém, eu tenho a certeza que a tua fé, o teu amor a Jesus Cristo, a tua voz, a tua viola, as tuas canções, o teu talento vão continuar a fazer pequeninos milagres…
Padre João Paulo, obrigado pelo bem que espalhaste no meu caminho, pelo bem que espalhaste naquele espaço educativo que nunca te irá esquecer, e que tu também nunca deixarás de recordar.

Jorge Cotovio

IGREJA EM COIMBRA

Seixo (Mira) comemora o 50.º aniversário da Bênção da igreja
A localidade do Seixo, no concelho de Mira vai comemorar nos dias 23 e 24 de Setembro o 50.º aniversário da bênção da igreja.
No dia 23 de Setembro, D. Albino Cleto presidirá à celebração da eucaristia na igreja. Pelas 17,30 horas realizar-se-á uma homenagem ao padre Carvalhais.
As comemorações estendem-se para o dia seguinte com uma celebração da eucaristia pelas 10 horas. À tarde, pelas 16 horas realizar-se-á uma sessão solene com a actuação do Coral Polifónico, os Pequenos Cantores e o Grupo de Instrumentos de Sopro, todos eles de Coimbra.

Centro Social e Paroquial da Pedrulha à espera de ajudas
O Centro Paroquial e Social da Pedrulha está em fase de conclusão. No passado fim-de-semana decorreram as festas em honra de Nossa Senhora da Piedade. A receita reverteu para a conclusão das obras do novo Centro Social e Paroquial.
Joaquim Marques, membro da comissão referiu que o futuro Centro Social e Paroquial custará cerca de 700 mil euros. O Estado comparticipou com 70% da verba inicialmente orçamentada e a Câmara Municipal de Coimbra ajudou também financeiramente.
Para além de Centro de Dia, com capacidade para receber 40 seniores, aquela unidade prestará igualmente apoio domiciliário e aos jovens. Neste último caso, através do agrupamento de escuteiros existente na paróquia.

Movimento da Mensagem de Fátima
O Secretariado Diocesano do Movimento da Mensagem de Fátima vai realizar em Fátima, na Casa de Nossa Senhora das Dores entre os dias 18 a 21 de Setembro um retiro para doentes da nossa diocese.
No seguimento das suas actividades, o Movimento da Mensagem de Fátima, aproveita para informar que irão efectuar uma peregrinação aos santuários de Tuy – Ponte Vedra e Santiago de Compostela nos próximos dias 6, 7 e 8 de Outubro.
Por último, o Secretariado Diocesano do Movimento da Mensagem de Fátima quer dar à conhecer de que no próximo dia 28 de Outubro (Sábado) se realizará a reunião do Conselho Diocesano do M.M.F., no Salão Paroquial de S. José, pelas 9,30 horas afim de apresentar o balanço da sua actividade ao longo do ano e perspectivas para o ano 2006/2007.

Cursos de Formação Familiar na Obra de Santa Zita
Encontram-se abertas as inscrições para os cursos de formação familiar que irão, uma vez mais, funcionar ao longo do ano pastoral, nas instalações da Obra Santa Zita, em Coimbra.
Bordados/Tapeçarias decorrerão às 2.ª, 4.ª e 5.ª feiras, das 14,30 às 17,30 horas.
Artes Decorativas decorrerão às 3.ª feiras das 9 às 12 horas e das 14,30 às 17,30 horas.
Culinária decorrerá às 4.ª feiras das 15,30 às 17,30 horas.
Corte e Confecção decorrerá à 6.ª feiras das 18,30 às 19,30 horas
Guitarra decorrerá às 3.ª feiras das 18,30 às 19,30 horas.
Os cursos destinam-se a todos os que queiram aperfeiçoar as suas competências e conhecimentos nestas áreas. As inscrições são feitas até ao final do mês de Setembro.