Correio de Coimbra

Jornal informativo da Diocese de Coimbra. Assine e divulgue o nosso semanário. 239 718 167. fax: 239 701 798. correiodecoimbra@mail.telepac.pt

A minha fotografia
Nome:
Localização: Coimbra, Portugal

10 de fevereiro de 2009

X Colóquio Nacional de Paróquias - Alterações na sociedade exigem criatividade na transmissão da fé


A transmissão da fé na sociedade contemporânea esteve em debate entre sacerdotes e leigos de diversas paróquias portuguesas no X Colóquio Nacional de Paróquias nos dias 6 e 7 de Fevereiro em Fátima.
A consciência de que é necessário encontrar novas abordagens para a transmissão dos valores e da fé cristã, face às alterações na sociedade, que diminuíram a importância das formas tradicionais de evangelização e catequese, é uma conclusão do encontro. Também se conclui que proporcionar o encontro pessoal
com Deus é o desafio mais importante que se coloca aos cristãos, em vez de uma vivência mais baseada numa prática tradicional de raiz social e numa catequese demasiado escolarizante.
D. Jorge Ortiga, presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, Juan Martin Velasco, professor universitário e os jornalistas Graça Franco, da Rádio Renascença, Paulo Rocha da Agência Ecclesia e o Padre António Rego do Secretariado Nacional das Comunicações Sociais partilharam as suas reflexões sobre a mesma temática.
Colóquios de Paróquias
Os Colóquios Nacionais começaram por ser uma realidade em Portugal, após a realização do Colóquio Europeu de Tarragona, em 1985, que versou sobre o tema "Corresponsabilidade na Paróquia". Com alguma regularidade se têm feito os Colóquios Nacionais, na sequência dos Colóquios Europeus. Neste X Colóquio Nacional de Paróquias tratámos o tema do próximo Colóquio Europeu em Mons (Bélgica): "Porquê transmitir a fé?"
O Colóquio Europeu de Paróquias é um encontro de cristãos de paróquias e comunidades cristãs dos países da Europa. De dois em dois anos, num país europeu diferente, estes cristãos encontram-se em colóquio, onde partilham as suas experiências no que concerne a Igreja e a sociedade, partindo do seu envolvimento pastoral. Pretendem, assim, participar com a sua própria identidade na construção europeia.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial