Correio de Coimbra

Jornal informativo da Diocese de Coimbra. Assine e divulgue o nosso semanário. 239 718 167. fax: 239 701 798. correiodecoimbra@mail.telepac.pt

A minha fotografia
Nome:
Localização: Coimbra, Portugal

29 de janeiro de 2009

Paróquia de S. José promove “Um olhar sobre os sem-abrigo”


O Centro de Acolhimento João Paulo II juntamente com a Sociedade São Vicente de Paulo e a Paróquia de S. José vão organizar uma formação sobre o tema “Um olhar sobre os sem-abrigo e o papel interventivo das equipas de rua”. Segundo os responsáveis, o objectivo é fornecer aos participantes uma visão teórica e prática relativamente ao assunto. Outros dos objectivos é identificar as principais características da população sem-abrigo; Conhecer o conceito de desafiliação/frágil ligação associado ao sem-abrigo; Conhecer a situação do sem-abrigo numa perspectiva multifactorial; Reflectir sobre as principais respostas sociais e serviços para esta população; Perceber a importância das equipas de rua e realçar a importância de um espaço de partilha/Grupo Aberto.
A primeira sessão realiza-se a 28 de Fevereiro, na sede do Centro João Paulo II, na paróquia de S. José e destina-se sobretudo a profissionais e estudantes das áreas da acção social, saúde e educação. As outras sessões decorrem a 14 de Março e 28 de Março e o valor das inscrições é de 30 euros para estudantes e de 40 euros para profissionais.
A formação estará a cargo do Dr. Bruno Correia Lourenço, licenciado em Serviço Social pela Universidade Católica Portuguesa de Lisboa. Este profissional trabalha há quatro anos com os sem-abrigo através da Equipa de Rua da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.
As inscrições deverão ser enviadas até ao dia 19 de Fevereiro para a seguinte morada: Rua dos Combatentes da Grande Guerra, S/n. – 3030 – Coimbra ou por e.mail:
c.acolhe-joaopaulo@sapo.pt ou pelos telefones 239 718001; 96 21 46365.
O Centro de Acolhimento João Paulo II é um serviço de Acção Social integrado na paróquia de S. José. O Centro presta apoio, a diversos níveis, a famílias ou pessoas desfavorecidas, imigrantes, visando a promoção da sua dignidade e garantia dos mais elementares direitos enquanto pessoas.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial