Correio de Coimbra

Jornal informativo da Diocese de Coimbra. Assine e divulgue o nosso semanário. 239 718 167. fax: 239 701 798. correiodecoimbra@mail.telepac.pt

A minha fotografia
Nome:
Localização: Coimbra, Portugal

10 de outubro de 2008

Paróquia da Sanguinheira deu as boas-vindas ao padre João Paulo Vaz



- Missa dominical passará a ser celebrada às 11h00

O padre João Paulo Vaz é o novo pároco da Sanguinheira, que tomou posse desta paróquia, no passado dia 5 de Outubro, com uma recepção calorosa da comunidade cristã daquele lugar, entre muitos leigos das paróquias de Portunhos, Outil e Bom Sucesso, onde também é pároco.
O pró-vigário geral da Diocese de Coimbra, Aníbal Castelhano, presidiu à celebração. A tomada de posse tive início com a leitura de nomeação, seguida da oração do Credo pelo padre João Paulo Vaz, como aceitação do novo pastor daquela paróquia. O representante do bispo diocesano desejou um “trabalho fecundo” com todo os fiéis, reconhecendo e admirando João Paulo Vaz pelo “espírito de disponibilidade e doação”. “É um padre jovem, o que ajudará na caminhada com outro ritmo, com espírito de iniciativa mais vivo”, anunciou o pró-vigário.
Aos paroquianos, o padre João Paulo Vaz admitiu que é esta é uma “herança pesada que tenho nas costas para seguir o exemplo de generosidade e bondade o santo do padre Afonso Reis, que esteve quase 29 anos ao serviço da paróquia da Sanguinheira”. “Aceitei este cargo porque testemunhei a angústia e sofrimento do padre Afonso que já não se sentia com capacidades para seguir em frente”, assegurou. O novo pároco pediu a ajuda de toda a comunidade cristã, apesar de “estar sempre ao dispor como irmão na fé, como aquele ao serviço de Jesus Cristo”. “Não sou mais do que o cão do pastor, porque o verdadeiro pastor é Cristo”.
Responsável agora por quatro paróquias – Portunhos, Outil, Bom Sucesso e Sanguinheira – o padre João Paulo Vaz estará todas as terças na igreja da Sanguinheira, a partir das 16h00, para atender os paroquianos. Nesse dia será celebrada a eucaristia pela 20h00, alternado semanalmente com capela de Pedra Ásperas. A missa dominical será celebrada sempre no horário das 11h00, em fins-de-semana serão rotativos: Portunhos/Outil e Bom Sucesso/Sanguinheira.
No final da celebração dirigiram-se palavras de saudação pela chegada do novo padre. Para dar as boas vindas ao novo pároco foi entregue um ramo de flores. “Uma oferta simples, mas que encerra uma carga emocional muito grande”, arrematou Manuel Augusto, membro do Conselho Económico.
Vários elementos do Conselho Económico assinaram uma acta formulada para declarar a nova tomada de posse, tal como o pró-vigário Aníbal Castelhano e o próprio padre João Paulo Vaz. Também o pai do novo pároco, Albino Vaz assinou o documento como testemunha do acto.


Carla Asunção

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial