Correio de Coimbra

Jornal informativo da Diocese de Coimbra. Assine e divulgue o nosso semanário. 239 718 167. fax: 239 701 798. correiodecoimbra@mail.telepac.pt

A minha fotografia
Nome:
Localização: Coimbra, Portugal

7 de outubro de 2008

Especialistas vão aprofundar presença judaica em Coimbra


Especialistas vão aprofundar o conhecimento da presença judaica em Coimbra, que teve "uma preponderância evidente na cidade", num ciclo de conferências que vai decorrer a 23 e 24 de Outubro.
Mário Nunes, vereador da cultura da Câmara Municipal de Coimbra, explicou à Lusa que a iniciativa pretende "debater", em profundidade, questões relacionadas com a comunidade de judeus que existiu na cidade" na Idade Média e que desapareceu com a Inquisição.
"Coimbra acolheu ao longo de séculos uma colónia judaica que teve uma preponderância evidente ao nível científico, na medicina, arquitectura, música e na vertente filosófica", afirmou o autarca. Salientando que "existe um vasto património pouco estudado", Mário Nunes justifica a realização de conferências com especialistas de Coimbra e Lisboa para "aprofundar" as marcas deixadas pela passagem dos judeus, que receberam ordem de expulsão do Rei D. Manuel.
O ciclo de conferências, com a presença de especialistas de Coimbra e Lisboa, realiza-se na Torre de Almedina e só pode ser frequentado mediante inscrição prévia.
Complementam a iniciativa da Câmara de Coimbra duas exposições, uma na Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra e outra na Torre de Almedina, com espólio deixado pelos judeus em Coimbra, Belmonte e Lisboa, que mostram "as marcas deixadas pela sua passagem".
Na sequência deste projecto, autarquia elaborou um percurso pedonal designado "Coimbra judaica", que integra as duas judiarias – Velha e Nova – e termina nos edifícios da Inquisição.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial