Correio de Coimbra

Jornal informativo da Diocese de Coimbra. Assine e divulgue o nosso semanário. 239 718 167. fax: 239 701 798. correiodecoimbra@mail.telepac.pt

A minha fotografia
Nome:
Localização: Coimbra, Portugal

30 de setembro de 2008

Vila Nova de Poiares: Hospital de Beneficência comemorou centenário



Foi há cem anos que um grupo de poiarenses radicados no Brasil decidiu avançar com a concretização de um projecto que não passava de um grande sonho para a população local: um hospital capaz de servir a os mais pobres. No passado dia 28 de Setembro foi assinalada a efemeridade com uma celebração eucarística onde foram lembrados os fundadores, os profissionais de saúde, os doentes e seus familiares. Não faltaram as individualidades locais, assim como a representatividade do Governo através do secretário de Estado Adjunto da Saúde. Uma visita às instalações, uma sessão solene e um jantar/convívio fizeram ainda parte do programa das comemorações.
D. Albino Cleto que presidiu a Eucaristia solene manifestou a sua satisfação por este acontecimento. "Não conheço nada dos fundadores deste hospital, mas deveriam ter sido cristãos", afirmou na homilia. "Caridade não é só dar esmola, é amar o próximo sem esperar nada em troca", disse, referindo-se essencialmente ao trabalho das misericórdias e das irmandades. É esse um dos méritos da Igreja: "ir ao encontro da situação para a qual os outros não iam", afirmou ainda o Bispo de Coimbra.
Cem anos depois, o hospital de Beneficência Poiarense é uma moderna Unidade de Cuidados Continuados. "È um exemplo para o país", destacou o secretário de Estado Adjunto da Saúde.
A unidade de saúde faz parte da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados. Uma rede que Francisco Ramos considera a melhor forma de "oferecer os cuidados adequados às necessidades da população". Por isso, que os responsáveis pretendem alargar o projecto. Para tal, anunciou que outros concursos para a criação de novas unidades deste tipo vão ser abertas até ao fim do ano, garantindo que "a rede vai continuar a crescer".
Continuar a crescer é, também, o objectivo da União das Misericórdias Portuguesas. Além dos cuidados continuados – " a sua missão", que tem sido cumprida com "resultados extremamente positivos" -, Manuel Lopes afirmou que a união está "disponível para dar outro tipo de respostas".
"Em breve, vamos propor ao Governo medidas na área do apoio domiciliário, a começar na região Centro", anunciou o presidente da União.
O provedor da Irmandade Nossa Senhora das Necessidades, José Pedroso Carvalho lembrou que esse é mesmo o papel da instituição: "estar atenta ao envelhecimento e necessidades da população" e "dar resposta" a essas mesmas necessidades.
O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Poiares manifestou o seu "orgulho extraordinário" por participar num "momento alto da terra", numa instituição que é "um ex-libris" daquela localidade.



Miguel Cotrim

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial