Correio de Coimbra

Jornal informativo da Diocese de Coimbra. Assine e divulgue o nosso semanário. 239 718 167. fax: 239 701 798. correiodecoimbra@mail.telepac.pt

A minha fotografia
Nome:
Localização: Coimbra, Portugal

7 de outubro de 2008

Trouxemil e Pedrulha agradecem ao Padre Veiga


Foi com emoção que a população da Adémia se despediu no passado dia 1 de Outubro, com uma Eucaristia Solene na capela da Senhora da Luz, do Padre José Veiga, que, ao fim de 27 anos, deixa o serviço pastoral nas paróquias da Pedrulha e Trouxemil.
O Padre José Veiga, de 73 anos, confessou ao Diário de Coimbra que parte com o "coração cheio" pelos amigos que foi conquistando e com quem colaborou na concretização de projectos, como a recuperação da igreja de Trouxemil e, mais recentemente, do Centro Paroquial da Pedrulha, ainda a dar os primeiros passos.
Quando recebeu indicação da Diocese de que iria para a Pedrulha e Trouxemil, ao padre Veiga foi-lhe dito que "seriam apenas uns meses". Os meses transformaram-se em anos e só razões de saúde o impedem de continuar agora a exercer o seu munus pastoral. O coração e os ossos já não são o que eram e, por isso, decidiu pedir ao bispo que o dispensasse destas funções.
Na igreja da Graça, onde está há 40 anos, vai continuar a acompanhar a vida de Trouxemil e Pedrulha, até porque por ali permanecem "grandes amizades" que foi conquistando ao longo dos anos.
O Padre Luciano Nogueira, que foi assistente da Juventude Operária Católica substitui agora o Padre Veiga na Pedrulha e em Trouxemil.
Natural da Pampilhosa da Serra, o Padre José Veiga veio para Coimbra em meados da década de 1960. Padre há 49 anos, passou 10 anos como capelão-militar, tendo passado sete anos em Angola e três em Moçambique, por altura da guerra do Ultramar, exercendo, mais tarde, funções no quartel militar de Coimbra.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial