Correio de Coimbra

Jornal informativo da Diocese de Coimbra. Assine e divulgue o nosso semanário. 239 718 167. fax: 239 701 798. correiodecoimbra@mail.telepac.pt

A minha fotografia
Nome:
Localização: Coimbra, Portugal

22 de julho de 2008

Padre José Salvador de Almeida: homenagem ao decano dos párocos da Diocese



Sessenta e três anos de serviço ininterrupto nas paróquias do arciprestado da Pampilhosa da Serra e vontade para continuar enquanto Deus lhe der forças para tanto – é este o percurso sacerdotal do Padre José Salvador de Almeida que, no passado domingo, no Cabril, se viu rodeado pelos seus paroquianos e por muitos amigos que ali se deslocaram para lhe dizer um grato bem-haja.
Aproveitando a ocasião de se completarem, em breve, cinquenta anos de presença nas paróquias do Cabril e Vidual, um grupo de gente reconhecida com o presidente da Junta à frente, resolveu organizar uma manifestação de simples, mas altamente justa homenagem ao senhor Padre Salvador, como carinhosamente é tratado por todas as pessoas do concelho.
O Bispo da Diocese, D. Albino Cleto, não quis deixar de estar presente, presidindo à missa de acção de graças, cuja homilia, pôs em relevo as qualidades humanas e sacerdotais do homenageado. Presente também D. Eurico Nogueira, colega de curso no Seminário de Coimbra, que recordou alguns episódios do tempo em que se os seminaristas do concelho enchiam um autocarro quando, no final das férias, regressavam para um novo ano lectivo.
Presentes igualmente os padres que trabalham no arciprestado, alguns da região pastoral e outros naturais do concelho ou a ele ligados por antigo trabalho pastoral. Presentes ainda muitos paroquianos de Cabril, do Vidual, de Janeiro de baixo, da Pampilhosa e das paróquias vizinhas. Todos reunidos com o objectivo de manifestarem a sua admiração e o seu reconhecimento a este homem bom e cordial, a este padre apostólico que, com a sua simplicidade, soube, ao longo dos anos, conquistar a simpatia e a amizade de todos.
Depois de receber algumas ofertas, de que se destaca uma salva de prata gravada com a data da efeméride, o Padre Salvador agradeceu o gesto de que era alvo, dizendo que "de todos as dádivas que me foram feitas as que mais apreciei foram, primeiro o rescrito de bênção enviado pelo Santo padre Bento XVI, e depois o carinho que sinto que as pessoas têm pelo seu pároco.



63 anos de serviço
em várias paróquias



Ainda em jeito de agradecimento, o Padre Salvador revisitou os lugares e as pessoas, sobretudo os colegas, que encontrou ao longo do seu ministério paroquial.
Nascido no lugar de Pescanseco (Pampilhosa da Serra) a 18 de Outubro de 1921, foi baptizado, como recordou, a 6 de Novembro seguinte pelo Padre José da Silva Álvaro. Recordou igualmente o padre Aníbal Pacheco, que o encaminhou para o Seminário, e os colegas da sua terra: Urbano Duarte, António Maria Domingues e Hermano de Almeida.
Ordenado sacerdote a 29 de Junho de 1945, logo foi nomeado pároco de Amoreira, de onde transitou, em 1948 para Janeiro de Baixo. Em 1956 foi nomeado pároco de Alvares, de onde, passados três anos, foi transferido para o Cabril e Vidual, onde se encontra há quase meio século. Entretanto foi igualmente nomeado pároco de Fajão e, mais tarde, de Janeiro de Baixo, cuja paroquialidade ainda mantém e onde é estimado por todos.
O "Correio", que esteve presente nesta homenagem através do seu director, que, como afirmou "teve a graça de receber o baptismo das mãos do Padre Salvador", e que é seu admirador indefectível, renova um forte abraço a este sacerdote exemplar que, há sessenta e três anos percorre os difíceis caminhos da serra, sempre com um sorriso nos lábios e uma palavra de afecto para todos os que estão entregues ao seu zelo pastoral.
Obrigado pelo seu exemplo, Padre Salvador!

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial