Correio de Coimbra

Jornal informativo da Diocese de Coimbra. Assine e divulgue o nosso semanário. 239 718 167. fax: 239 701 798. correiodecoimbra@mail.telepac.pt

A minha fotografia
Nome:
Localização: Coimbra, Portugal

13 de março de 2009

Encontrar Deus na estrada de Damasco


“A estrada de Damasco é o ponto de encontro de cada um com Deus”. A afirmação é de António Pinto Leite, advogado e colunista do semanário “Expresso” na última sessão do ciclo de Conferências Quaresmais de S. José, levadas a cabo pelas paróquias da cidade de Coimbra.
Para António Pinto Leite, “o encontro com Deus está nas nossas relações de uns com os outros, na família, no emprego, na escola”. Segundo o vice-presidente da ACEGE (Associação Cristã de Empresários e Gestores), a Igreja é a maior história de amor que conhece aos outros.
“Para além de uma Igreja de tradição e do sermão, nós devemos ser uma Igreja dos valores e, por vezes, a Igreja esquece-se do bem que faz. Também somos uma Igreja do serviço e do amor”, retorquiu ainda noutro ponto da sua conferência.
Sobre a crise, António Pinto Leite afirmou que “é uma oportunidade óptima para o crescimento pessoal e espiritual de cada um de nós”. “Esta crise é uma grande oportunidade para reflectirmos sobres os valores da nossa sociedade”, disse perante uma centena de participantes. Para o conferencista “há uma grande competição entre nós pelo ter e, essencialmente pelo dinheiro”. Esta crise, é segundo António Pinto Leite, “uma oportunidade para transmitirmos determinados valores nas nossas famílias, nas nossas empresas, nas nossas escolas. “Há qualquer coisa de errado na nossa relação com Deus”, disse o co-presidente do Conselho de Administração de uma grande sociedade de advogados – “desabituamo-nos de dar graças e só nos queixamos”, disse.
Para além do seu testemunho de cristão, que não iremos reproduzir neste jornal, por uma questão de ética e de respeito pelo conferencista, António Pinto Leite criticou que “existem uma data de cristãos agnósticos, que acreditam em Deus, mas não o sentem na vida”.

As Conferências Quaresmais decorrem às quintas-feiras, pelas 21,15 horas, no Salão da paróquia de S. José. No dia 19 de Março, Maria do Loreto Paiva Couceiro, do movimento GRAAL abordará o tema “Que Igreja num mundo global?” Num mundo global, uma Igreja global, sem distinção de raças nem de cores, preocupada com todos os homens e com o homem todo. É esta a Igreja que somos? Serão as respostas dadas pela Dr.ª Maria do Loreto Paiva Couceiro, doutorada em Ciências da Educação pela Universidade Nova de Lisboa.
No dia 26 de Março caberá ao Bispo Auxiliar de Braga, D. António Couto falar sobre o tema “Comunidades e capelinhas?”. D. António Couto foi ordenado bispo em 2007 e pertencia aos Missionários da Boa Nova.
No dia 2 de Abril, o Padre Doutor Joaquim Carreira das Neves falará sobre o tema “Desafios da Evangelização, hoje”. O Padre Carreira das Neves é professor jubilado da Universidade Católica Portuguesa e é assídua presença no programa Ecclesia transmitido de segunda a sexta-feira na RTP 2.


Miguel Cotrim

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial