Correio de Coimbra

Jornal informativo da Diocese de Coimbra. Assine e divulgue o nosso semanário. 239 718 167. fax: 239 701 798. correiodecoimbra@mail.telepac.pt

A minha fotografia
Nome:
Localização: Coimbra, Portugal

1 de julho de 2008

Ter como critério de vida as Bem-aventuranças


Antes da bênção final, D. João Lavrador tomou a palavra, saudando todos os presentes. Depois de dar graças "a Deus Pai que, em seu Filho Jesus Cristo e com a actuação do Espírito Santo" o julgou digno e o chamou ao ministério, o novo Bispo apontou algumas das metas do seu novo munus. "Quero ser portador da verdadeira vida, que só em Cristo se pode encontrar, para todos os homens e mulheres que, nas diversas circunstâncias, aspiram por Alguém que lhes mate a fome e a sede de realização" – afirmou.
E acrescentou: "Pede-me a Igreja que paute a minha vida pelos critérios das Bem-aventuranças, de modo a que seja transparência de Jesus Cristo". E ainda: "Sou convidado a ser profeta, testemunha e servo da esperança; é-me pedido que infunda confiança e proclame perante quem quer que seja as razões da esperança cristã".
De facto – acrescentou – "onde falta a esperança, também a fé é posta em questão; e o amor enfraquece, quando começa a exaurir-se aquela virtude.
Antes de terminar, D. João Lavrador agradeceu ao Santo Padre "pela confiança que em mim depositou"; a D. Albino Cleto "pelo seu exemplo de Pastor dedicado e amigo"; a D. João Alves "que me orientou na maior parte da minha vida sacerdotal, a D. Manuel Clemente e aos demais bispos presentes. Os agradecimentos estenderam-se aos cabidos de Coimbra e do Porto, ao clero presente, às autoridades académicas civis e militares, às instituições onde recebeu formação e onde actuou pastoralmente, à sua paróquia do Seixo, e sobretudo à sua família – pais, irmãos e outros membros – "que me acompanharam ao longo da vida, me ajudaram a ser padre e, certamente, continuarão a ajudar-me a ser Bispo". Terminou implorando a protecção maternal da Santíssima Virgem, e com o pedido aos presentes: "Rezai por este humilde Lavrador da vinha do Senhor!"
No final da Eucaristia, e durante mais de uma hora, D. João Lavrador foi cumprimentado por familiares, pelas autoridades presentes e por um incontável número de amigos que não quiseram deixar de comungar da sua alegria. Entre esses amigos estiveram os que têm a responsabilidade de publicarem o "Correio", que aqui renovam votos de muitas felicidades ao novo prelado.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial