Correio de Coimbra

Jornal informativo da Diocese de Coimbra. Assine e divulgue o nosso semanário. 239 718 167. fax: 239 701 798. correiodecoimbra@mail.telepac.pt

A minha foto
Nome:
Localização: Coimbra, Portugal

18 de fevereiro de 2008

Padre João Paulo Vaz lança novo disco



Já passava das 17h, quando o Padre João Paulo Vaz entrou no auditório do Colégio São Teotónio a cantar a primeira música do novo disco «notas de um sonho». O espaço revelou-se pequeno para acolher as mais de 200 pessoas que assistiram, no passado domingo, ao lançamento deste terceiro CD que conta a história de dois pobres: o avô e a sua neta.
O excelente espectáculo montado pela sua nova editora, «caminhos sem atalho», permitiu toda uma envolvência capaz de nos fazer entrar na história do próprio CD que cada música ia revelando. São 15 faixas cheias de vida e que nos fazem pensar no sentido de muitos gestos, num compromisso claro com a beleza que somos e com o mundo que podemos re-criar.
Este lançamento ficou marcado ainda por uma clara opção de um projecto que não se quer apenas comercial mas perspectiva também a dimensão da solidariedade. Neste sentido, cada CD custa 15 €, revertendo 4 € para um projecto solidário.
Um desses projectos é precisamente assumido pelo Núcleo das Escolas católicas na angariação de fundos para a construção das novas instalações da Casa dos Pobres de Coimbra. Foi, por isso, interessante ver subir ao palco para agradecer o gesto do Padre João Paulo Vaz, quer o Sr. Aníbal Almeida (Presidente da Casa dos Pobres), quer o Sr. Eng. Jorge Cotovio (Presidente do Núcleo de Escolas Católicas de Coimbra).
Nascido em 1970, este padre da Diocese de Coimbra, não deixa de assumir uma perspectiva cristã de vida que transparece nas suas letras onde encontramos os valores da partilha, da entrega, do serviço, do perdão, da alegria, da esperança e do amor… Um CD que nos irá ajudar a viver melhor cada dia numa partilha com outros.

1 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

A mensagem das suas músicas não nos deixa indiferentes e este 3º trabalho continua a provocar-nos, a desafiar-nos a "sermos mais, sermos alguém que busca uma ponte, para sermos felizes"... Foi bom, muito bom...

12:41 da manhã  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial