Correio de Coimbra

Jornal informativo da Diocese de Coimbra. Assine e divulgue o nosso semanário. 239 718 167. fax: 239 701 798. correiodecoimbra@mail.telepac.pt

A minha foto
Nome:
Localização: Coimbra, Portugal

26 de novembro de 2007

Conhecer a Bíblia através dos sabores


O livro "A Bíblia contada pelos sabores" do chefe Albano Lourenço foi apresentado publicamente na livraria Almedina Estádio.

"Queijo de cabra com rábano e amêndoas" foi a entrada escolhida pelo chefe Albano Lourenço para dar a conhecer algumas das receitas concebidas a partir da leitura de textos da Bíblia. Os produtos mencionados em excertos do Antigo e do Novo Testamento foram criteriosamente escolhidos pelo chefe Albano Lourenço – o único chefe português distinguido com uma estrela Michelin –, que depois de experimentar diferentes associações chegou à receita final. O resultado está à vista, como se pôde comprovar ontem na apresentação reservada aos jornalistas e que tiveram oportunidade de provar os sabores "recolhidos" na Bíblia. O chefe Albano Lourenço contou como surgiu a ideia e como a pôs em prática. Depois de quase um ano a germinar, concretizou-se na publicação de um livro intitulado "A Bíblia contada pelos Sabores", com receitas de Albano Lourenço. O livro tem prefácio do padre José Tolentino Mendonça que esteve no passado dia 22 de Novembro na apresentação do livro, e as imagens são de Valter Vinagre.
Das 40 receitas incluídas no livro, o chefe Albano Lourenço refere que "todas elas são de eleição", pois são confeccionadas a partir de produtos muitos simples, como os figos, as azeitonas, o peixe, as ervas aromáticas, o rabanete, o mel e os frutos, numa associação que teve de ser estudada. No entanto, o chefe refere que, tal como a Bíblia é um livro aberto, também as suas receitas estão abertas à imaginação dos leitores. De fácil confecção, as associações podem ser inúmeras. Trata-se de uma reconstituição muito pessoal que tem a ver com a "sua visão sobre a alimentação da época". Pode até ser "polémico", mas as interpretações também podem ser variadas, concluiu o chefe.
Albano Lourenço referiu ainda que quis introduzir um pouco da tradição cristã, associada aos costumes gastronómicos da Beira Litoral, como a canja de galinha, o bacalhau com folha de louro – o "tradicional bacalhau dos mortos" – e as filhós de abóbora.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial