Correio de Coimbra

Jornal informativo da Diocese de Coimbra. Assine e divulgue o nosso semanário. 239 718 167. fax: 239 701 798. correiodecoimbra@mail.telepac.pt

A minha fotografia
Nome:
Localização: Coimbra, Portugal

27 de maio de 2008

Homenagem póstuma a Francisco Lucas Pires




O Presidente da República, Cavaco Silva, e o presidente do Parlamento Europeu, Hans-Gert Poettering, participam, no próximo dia 31 de Maio, pelas 18 horas, na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, numa sessão de homenagem póstuma a Francisco Lucas Pires, antigo eurodeputado, falecido há 10 anos.
As comemorações estão a cargo de uma comissão presidida pelo catedrático da Faculdade de Direito Vieira de Andrade, da qual fazem parte Manuel Queiró, docente da Faculdade de Ciências e Tecnologia, e Júlio Oliveira, presidente da Junta de Freguesia da Tocha.
Do programa destaca-se a apresentação do livro "A revolução europeia", editado pelo Gabinete do Parlamento Europeu onde reúne textos do antigo eurodeputado produzidos ao longo de vários anos. Também será apresentado um "blogue" com artigos recuperados pelos filhos.
O objectivo do blogue www.franciscolucaspires.blogspot.com é reavivar, através das suas próprias palavras, o pensamento político do antigo eurodeputado que "apesar de escritas e publicadas num contexto diferente mantêm hoje muita actualidade", defendeu Jacinto Lucas Pires, em declarações à Agência Lusa. "Dia 09 de Maio [Dia da Europa]: dia santo ou revolucionário?", "A mística do Benfica", "Os católicos e a política", "Escola do Estado ou Escola Pública" e "Futebol e Poder Local" são alguns dos artigos de opinião publicados e recuperados para o blogue.
A construção europeia foi uma das paixões de Lucas Pires e aquela que dedicou mais energias em doze anos como eurodeputado. Eleito primeiro pelo CDS e, depois, pelo PSD, Francisco chegou a presidir ao Parlamento Europeu. Muito antes, do Parlamento Europeu, Francisco Lucas Pires foi deputado na Assembleia da República e ministro da Cultura no Governo da AD, presidida por Pinto Balsemão.
Jorge Sampaio, recorda, que todos os deputados o escutavam "com o silêncio próprio dos grandes momentos". Ao contrário daquilo que sucede hoje, onde todos berram para se fazerem ouvir, o Francisco apenas utilizava a força da sua argumentação, fundada numa grande formação cívica e jurídica.
Francisco Lucas Pires morreu a 22 de Maio de 1998, aos 53 anos. Deixou quatro filhos a quem cabe, agora, cuidar desse legado.



Miguel Cotrim

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial