Correio de Coimbra

Jornal informativo da Diocese de Coimbra. Assine e divulgue o nosso semanário. 239 718 167. fax: 239 701 798. correiodecoimbra@mail.telepac.pt

A minha foto
Nome:
Localização: Coimbra, Portugal

8 de janeiro de 2008

Homenagem ao Cónego Avelino de Jesus Costa


Braga prestou no passado dia 4 de Janeiro, data em que completaria 100 anos, significativa homenagem àquele antigo professor da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. O programa constou de uma celebração eucarística, na catedral, presidida pelo arcebispo primaz, D. Jorge Ortiga, da inauguração da Biblioteca do cónego Avelino, instalada no seminário conciliar de S. Pedro e S. Paulo, e de uma sessão cultural, com uma intervenção do doutor José Marques, subordinada ao título "Padre Avelino de Jesus da Costa: vida e obra" e a apresentação do livro "Cónego Avelino de Jesus da Costa no "Diário do Minho".
No prólogo dessa publicação, D. Jorge Ortiga fala da memória que se afirma, no presente e no passado, dizendo a começar: «A história da Arquidiocese faz-se pela realização de actividades e iniciativas que manifestam a sua vitalidade. Por outro lado, o presente eclesial é desafiado pelo futuro a construir na responsabilidade dum passado que urge conhecer. Nenhuma instituição, civil ou eclesial, tem futuro se não tiver memória do seu passado». E mais adiante: «O Cón. Avelino de Jesus da Costa, com o seu saber, surge, deste modo, como uma personalidade incontornável para um estudo da multissecular Arquidiocese Bracarense. Não podemos dispensar o seu contributo e este deve ser conhecido para poder ser imitado». A sua tese doutoral sobre "O Bispo D. Pedro e a Organização da Diocese de Braga" aí está a comprovar as palavras do arcebispo bracarense.
Por seu turno, D. Eurico Dias Nogueira, arcebispo emérito de Braga, sob o título "Cónego Avelino da Costa mais espírito do que corpo" evoca os seus tempos de Coimbra, enaltece o seu vasto saber e conclui: «A sua feliz memória – que é honra e orgulho para a Igreja e o Presbitério de Braga – sobreviverá longamente na preciosa herança que legou à Cultura, mormente na área da História medieval».
Finalmente o cón. Leite de Abreu a quem se deve a preparação daquele traça um quadro do seu conteúdo agrupado pelas seguintes áreas: XIV centenário do I concílio de Braga, subsídios hagiográficos, ritos e livros litúrgicos, culto e devoções, sínodos e constituições diocesanas, a cultura em Braga, apontamentos para a história bracarense, arcebispos de Braga, curiosidades históricas, impressões de Roma, de Paris e de Barcelona, o pulsar da vida religiosa, personagens ilustres, pelo Alto Minho e as "aparições" do Barral.
Todos os actos decorreram com grande dignidade e muita elevação a condizer com a estatura intelectual do homenageado que em 1943 se havia matriculado em Ciências Históricas e Filosóficas na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, nela vindo depois a ser um dos seus mestres mais ilustres com reconhecida reputação dentro e fora do país.
Manuel Augusto Rodrigues

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial