Correio de Coimbra

Jornal informativo da Diocese de Coimbra. Assine e divulgue o nosso semanário. 239 718 167. fax: 239 701 798. correiodecoimbra@mail.telepac.pt

A minha fotografia
Nome:
Localização: Coimbra, Portugal

13 de junho de 2008

Projecto de nova paróquia arranca em Coimbra

Desde Outubro que um pequeno grupo de cristãos a residir na área do Areeiro, Alto de S. João, Vale das Flores, Belavista, Pólo II da universidade, Pinhal de Marrocos e Portela se vem reunindo com o P. Jorge Santos, para reflectir, rezar e dialogar sobre os passos a seguir na criação da nova comunidade cristã que se pretende organizar, como paróquia, naquela zona quando chegar o momento oportuno. Estas reuniões, já em si, são uma experiência de comunhão e por isso são já uma experiência de Igreja. Uma segunda etapa começa agora: o Padre Jorge Santos já liberto das responsabilidades de pároco de Febres, Vilamar, S. Caetano e Corticeiro, está já a tempo inteiro em Coimbra, para dar início a este trabalho de formação da nova comunidade. Por não haver ainda um espaço congregador de todo este vasto território, começou a celebrar nas pequenas capelas existentes no Areeiro, Portela, e capela da Casa de formação cristã, na Av Urbano Duarte. Entretanto foi pedido ao Instituto Superior de Engenharia de Coimbra o empréstimo pontual do anfiteatro para se fazer uma reunião com todos os cristãos que habitam nesta zona e que se manifestarem interessados neste projecto. Este encontro será no dia 22 de Junho, domingo, as 18.00h e seguir-se-á, uma hora depois, a Eucaristia. Para que todos os habitantes tenham conhecimento da iniciativa, foi feito um convite pessoal, pelo correio, a todas as cerca de 8000 famílias que ali habitam.
Uma outra etapa consistirá em encontrar um espaço provisório que possa funcionar como pólo aglutinador de toda aquela área, para depois se começar a pensar no espaço definitivo, isto é, a construção da igreja definitiva, para a qual já existe terreno na Portela. Agora é o tempo do sonho e da esperança, tempo da pobreza e da confiança, tempo da ousadia dos inícios, tempo da docilidade à voz do Espírito que manda atirar as redes…para onde Ele quiser.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial